Jesus Cristo no coração da nossa história!
Ele é a nossa luz, a nossa force, o nosso TUDO!

CONSELHO DE CONGREGAÇÃO

O Conselho de Congregação é o Conselho alargado da Superiora geral. Permite a esta e ao seu Conselho uma melhor informação sobre as necessidades espirituais e apostólicas da Congregação, favorece o conhecimento recíproco e o espírito de unidade. Faz a avaliação do que se vive na Congregação desde o último Capítulo geral. O seu poder é consultivo.

Primeira semana

24 de maio
Celebração de abertura
Palavras de boas-vindas

Algumas citações retiradas da mensagem de boas-vindas.

Reunidas pelo Espírito Santo na fé em Cristo ressuscitado (C 80), encontramo-nos em conselho alargado, em circunstâncias muito particulares. Estamos juntas para rezar, reflectir, partilhar, partindo da realidade que é a nossa Vida Consagrada na Apresentação de Maria. Juntas, queremos escutar os sinais dos tempos, ouvir a voz de Deus através dos acontecimentos à luz do Evangelho, buscando aquilo que o Espírito Santo quer para nós hoje.

A Madre Rivier acompanha-nos e reza por nós: «Eu desejo a cada uma, a plenitude do Espírito Santo, com todos os seus dons e luzes.»

Estamos juntas para encontrar aquilo que for melhor, para nos deixarmos fascinar pelo rosto de Cristo. Que a nossa vida seja um Mistério! Que ao verem-nos viver, as pessoas possam dizer: Deus está presente, a esperança existe! Devemos interrogar-nos: qual é o testemunho que a nossa vida de consagradas dá aos nossos irmãos e irmãs?

A Vida consagrada aguarda uma renovação, uma qualidade de vida quotidiana.

Que sinais de esperança encontro hoje, na sociedade, na Igreja, na nossa Congregação, na minha vida pessoal?

Peçamos o Dom da Sabedoria umas para as outras e avancemos na esperança rumo ao futuro, que o coração de Deus já conhece.

 

 – Madre Maria dos Anjos Alves –

Espiritualidade e Carisma
S. Maguy Lascazes, pm

 

 

A Irmã Maguy  professou em 1971. Salientamos que este ano é jubilar! 50 anos de Vida Religiosa. Após a sua profissão, ela esperou durante 3 anos para realizar o sonho de tornar-se missionária. O ano de 1974 foi o início de uma bela aventura com Cristo. Ela parte para o Senegal e lá permaneceu durante 11 anos, como missionária.

Em 1985, a Irmã Maguy é chamada a regressar a França para acompanhar as mais jovens e retoma a formação do Noviciado, a Escola de Jesus Cristo, a Escola da Felicidade. Durante 15 anos, ela formou e acompanhou algumas noviças e um grande número de jovens irmãs oriundas de diversas Províncias e Regiões, que se encontravam no ano de aprofundamento em vista dos votos perpétuos.

Foi Conselheira provincial durante vários anos, e há 4 anos que é Assistente provincial. Há 6 anos que está na Casa Mãe desempenhando uma missão totalmente diferente: acompanha as irmãs mais idosas, assim como irmãs doentes. Uma missão exigente mas enriquecedora. Ela diz: Gosto da relação! Tive muita felicidade na minha vida!

Ao longo dos anos, a Irmã Maguy foi aprofundando a espiritualidade e o carisma da nossa Congregação.

O carisma: uma fonte que jorra e que podemos escavar sempre mais.

Não podemos encerrar o carisma nas palavras, porque o “Espírito, tu não sabes de onde vem, nem para onde vai…”

Na Regra de Vida existem leis, normas canónicas, e precisa ser assim mesmo, mas elas estão ao serviço da vida. É uma Regra de Vida.

O Cristianismo não é a religião da lei, mas duma pessoa: Jesus, Ele mesmo, vive em nós através do Seu Espírito, isso é a nossa Regra de Vida. O Seu amor é a nossa lei. A obediência a essa mesma lei torna-nos conformes à Sua pessoa. É uma lei de apelo.

O carisma é uma fonte sempre a jorrar. Maria Rivier bebeu abundantemente dessa fonte e, procurou fazer com que cada uma pudesse beber dessa fonte de vida. Ela não poupou esforços no serviço da animação espiritual da sua Congregação.

26 de maio
Da INTERNACIONALIDADE à INTERCULTURALIDADE
P. Tim Norton, svd

P. Tim é um membro da Sociedade do Verbo Divino, originário de Sydney, Austrália.

Agradecemos a presença do Padre Tim e a partilha da sua rica experiência, para ajudar-nos a avançar num novo aprofundamento da nossa internacionalidade rumo à interculturalidade, neste momento da nossa história. A partilha dos seus conhecimentos práticos, não são apenas uma ferramenta, mas um forma de conversão, de conhecimento de si e de um maior conhecimento e encontro com Deus. Assim, ele não nos oferece apenas um atelier, mas um meio de crescermos na nossa própria santidade e na santidade da nossa vida comunitária.

28 de maio
Releitura da nossa experiência com o Pe. Tim Norton, SVD
Notícias da nossa Casa de Família em Bourg St Andéol
Partilha de experiências vividas e de desafios
Apresentações: Província dos Estados Unidos, Ir. Helen Cote; Província de França,
Ir. Jane Wilkinson e Província das Filipinas, Ir. Samuelita Enriquez

Começámos a nossa sessão por uma releitura do tema: Da Internacionalidade à Interculturalidade, que nos foi apresentado na quarta-feira pelo Pe Tim Norton SVD.  Três perguntas guiaram a nossa partilha e ajudaram-nos a aprofundar o tema.

A Irmã Jane convidou-nos a viver uma peregrinação virtual à nossa Casa Mãe, à Bourg St. Andéol. Pudemos constatar, os meios colocados em ação, pelas nossas irmãs para que uma visita a este  lugar seja um encontro com Maria Rivier e a herança que nos deixou.

Começámos de seguida as apresentações preparadas pelas nossas Províncias/Regiões/Missões.  As Superiores apresentaram as suas alegrias e os seus desafios de hoje, bem como as suas esperanças e sonhos para o futuro.  Ao ouvi-las, pudemos tocar o espírito de Marie Rivier que se vive nas suas filhas.

Segunda semana

01 de junho
Continuação da partilha de experiências
Apresentações: Província de Espanha, Ir. Soledad Saez; Província de Moçambique, Ir. Teresa Carolina de Carvalho; Província de Portugal, Ir. Fernanda Pereira; Missão do Brasil, Ir. Isabel Grachane e Região do Peru Ir. Enith Elena Ferreira

As apresentações preparadas pelas nossas Províncias/Regiões/Missões continuaram.  Cada uma apresentou as suas alegrias e os seus desafios para hoje, bem como as suas esperanças e sonhos para o futuro.  Ao ouvi-las podemos tocar o espírito de Maria Rivier que vivem as suas filhas e a fidelidade criativa ao seu carisma, respondendo às necessidades particulares dos seus países.

No final do dia, as diferentes Comissões da Administração geral partilharam também alguns planos e ecos das suas áreas de responsabilidade. As Comissões são as seguintes: Formação, Pastoral dos jovens e das Vocação, Leigos Consagrados e a Associação Maria Rivier.

3 de junho
Apresentação da Moderadora do Capítulo Geral, Sr. Marian Murcia
Representatividade ao Capítulo Geral 2023, questões - Secretariado

Partilha do vivido e desafios das Províncias, Regiões, Missões: Provincia de Prínce Albert, Sr. Lise Paquete; Provincia de Québec, Sr. Angèle Dion; Provincia de Senegal, Sr. Louise Dioh.

 

A Irmã Marian Múrcia, HFB (Irmãs da Sagrada Família de Bordeau) será a Moderadora do nosso Capítulo Geral em 2023.  Esteve connosco e partilhou as suas reflexões sobre O impacto VUCA no contexto da era pós-pandémica. O acrónimo VUCA descreve o que estamos hoje a experimentar como resultado da pandemia de Covid 19. V de Volatilidade, U de Incerteza, C de Complexidade e A de Ambiguidade. Ela reflectiu e identificou connosco os desafios que os responsáveis da Vida religiosa enfrentam hoje e enfrentarão no futuro.

 

A Irmã Luísa, nossa Secretária-Geral, apresentou-nos uma proposta sobre o número de delegadas a serem eleitas para o Capítulo Geral de 2023 em cada Província, Região e Missão.

As apresentações preparadas pelas nossas Províncias/Regiões e Missões continuaram.  Cada um apresentou as suas alegrias e desafios para hoje e as suas esperanças e sonhos para o futuro.  Ao ouvirmos, pudemos tocar o espírito de Marie Rivier que vive nas suas filhas e a fidelidade criativa ao seu carisma é bem evidente nos diversos contextos e necessidades das suas filhas através do mundo.

5 de junho
Partilhar as experiências e desafios das Províncias, Regiões, Missões
Regressar a "Representação : A Ir. Josephine Tchea apresentou a Missão dos Camarões, a Ir. Marie Solange Badji a Região da Gâmbia e a Ir. Mie Nakanishi a Missão do Japão
Finanças: Fundo Pontanier e Casa Geral

No sexto dia do nosso Conselho de Congregação, continuámos a partilhar as alegrias e os desafios da nossa P/R/M hoje. A Ir. Josephine Tchea apresentou a Missão dos Camarões, a Ir. Marie Solange Badji a Região da Gâmbia e a Ir. Mie Nakanishi a Missão do Japão

A Ir. Germaine Lapierre, da Província do Québec, falou sobre o Fundo Pontanier, um fundo sediado no Québec, que ajuda a ultrapassar as necessidades das Irmãs. A Ir. Germaine informou as Superioras de algumas alterações que o Conselho de Administração do Fundo Pontanier tem vindo a fazer depois do Capítulo Geral de 2017.  Primeiro, o Fundo Pontanier atribuiu uma certa % para as necessidades das irmãs e outra % para as necessidades dos nossos apostolados; segundo, apresentou-nos a sua nova colaboradora neste trabalho, Jocelyne Desloges.  A Ir. Claudette apresentou também um relatório sobre a administração dos fundos da Casa geral.

A Ir. Kelly explicou o número C34 das nossas Constituições sobre Bens Patrimoniais e o projeto para criar o protocolo da nossa Congregação para a Proteção de Menores e Adultos Vulneráveis.  A Ir. Hortência falou a seguir da Formação contínua e do Élan Missionário da Congregação. As participantes partilharam as suas sugestões e observações sobre estes assuntos.

Terceira semana

7 de junho
inicial - Noviciado Internacional
Mensagem do Capítulo Geral de 2017
Releitura - Caminhos para o Futuro

Hoje foi um dia muito interativo… de sérios “trabalhos a caminho” em perspetiva!

As Superioras estudaram o reagrupamento dos noviciados, um assunto que tem estado em reflexão desde 2014. Durante a sessão de formação em 2019, as irmãs comprometidas na formação inicial aprovaram agrupamentos diferentes dos noviciados PM com algumas notas importantes e sugeriram que houvesse uma equipa de formação transcultural bem formada e bem preparada. As Superioras continuaram o estudo reflexivo durante esta sessão. teve como animadora a Irmã Claudette Casavant.

A Irmã Hortência Ubisse e a Irmã Kelly Connors recordaram a Mensagem Final do Capítulo geral de 2017 e, através da partilha das participantes, pudemos ver onde nos devemos colocar a nossa atenção durante os próximos dois anos e identificar as áreas de maior atenção na preparação para o próximo Capítulo geral de 2023.

Na parte final da sessão, a Irmã Claudette lançou ao grupo a releitura e o discernimento das prioridades e das novas áreas de evangelização com base nas apresentações de cada participante durante as últimas duas semanas. A partilha em pequenos grupos abriu horizontes e ajudou-nos a estar atentas às realidades vividas na Congregação.   

Concluímos a sessão agradecendo a cada uma pelas partilhas animadas e pelo amor que colocamos ao trabalho que é pedido a cada uma.

9 Junho
Caminhos para o futuro - aprofundamento
Partilha/discernimento - Perguntas
Celebração dos nossos 225 anos de fundação
Avaliação - instruções

" O vento sopra ondequer e tu ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem nem para onde vai. Assim acontece com todo aquele que nasceu do Espírito."

- João 3: 8  -

 

Ainda horas de trabalho sério!

Hoje, fomos lançadas em dois momentos de partilha em grupos. Com o tempo atribuído, mergulhamos nos temas importantes da nossa vida de Congregação, tendo em conta as nossas realidades e tudo o que nos rodeia. Os dois momentos foram bem utilizados na observação dos sinais dos tempos e na procura de caminhos para responder aos apelos do Espírito.

Abertura, conversão ao Evangelho, criatividade, assumir riscos, deixar as nossas zonas de conforto, solidariedade, simplicidade, desafios acolhedores, aceitar as nossas diferenças são algumas das atitudes e valores mencionados que nos acompanham no futuro.

Ao fim do dia, a Madre Maria dos Anjos sublinhou que o nosso Ano de Acão de Graças deve ser acompanhado de acções concretas. O nosso mundo, viva ainda sob as garras da COVID 19, que tem tido um forte impacto na vida de todos de uma forma ou de outra. Juntas preparamos-mos para enfrentar este tempo turbulento, confiando na misericórdia de Deus encontrando raios de luz e de esperança para um futuro novo!

A nossa Superiora geral convidou-nos a encontrar respostas criativas para as necessidades da Formação continua, para revitalizar a Pastoral dos jovens e das vocacionais. O Espírito Santo continua a criar projetos novos à nossa volta e quer realizá-los connosco e através de nós!

A ESPERANÇA é como a vela de um navio que reúne a força dos ventos e
empurra o navio para as profundezas ou para a costa'...
- Papa Francisco -

11 de junho
Encontros interprovinciais por grupos linguísticos - outubro, novembro e dezembro de 2021
Sugestão dum tema para o Capítulo Geral de 2023, agradecimentos, mensagem final e oração final.

 

Hoje é o último dia, da reunião das três semanas do Conselho de Congregação por videoconferência, a primeira na história da PM

A primeira parte começou com a confirmação das datas dos encontros dos conselhos interprovinciais, regionais e missões que serão organizadas por grupos linguísticos. Voltámos de novo à apresentação das acções concretas para o 225º aniversário da fundação da Congregação. Um projeto que será realizado num futuro próximo — uma luz que brilha num mundo em sofrimento.

Já a Madre Maria dos Anjos introduziu a reflexão para um tema do Capítulo Geral de 2023. Quer que o maior número possível de irmãs se envolva nesta reflexão e na possível formulação do tema. As sugestões serão apresentadas nas reuniões dos Conselhos Interprovinciais.

Continuámos a partilha sobre a celebração do 39º aniversário da Beatificação da Bem-aventurada Madre Maria Rivier, depois chegou o momento de dizer “Obrigado!” à Madre Maria dos Anjos e ao seu Conselho, aos participantes e à nossa interprete do dia. 

Finalmente, a Madre Maria dos Anjos entregou a sua mensagem final, do primeiro Conselho da Congregação por videoconferência,

O que vivemos juntos chama-nos a um novo começo, a fim de tornar cada vez mais, Jesus Cristo conhecido e amado onde quer que sejamos enviados. O nosso espírito de família, a simplicidade das nossas relações e o acolhimento incondicional do outro animam-nos a continuar a nossa viagem com serenidade e alegria, a viver com zelo a nossa vocação e missão como Irmãs da Apresentação de Maria: seguir Jesus Cristo e agir segundo o seu espírito C2.

Embora este tenha sido o nosso último coro, terminou com uma nota alta! A Irmã Ginette conduziu-nos numa oração final de louvor e acção de graças.

Agora que o encontro terminou, vamos caminhar com Maria, Mãe da Santa Esperança. Ela é próxima dos seus filhos e levar-nos-á sempre mais longe…

OBRIGADO A TODOS!

Os vídeos (orações e saudações) apresentados durante o Conselho da Congregação estão disponíveis no website na secção de RECURSOS do menu principal!