É Deus que tem a iniciativa do chamamento
e é Ele que inspira a resposta. Dá, ao mesmo tempo, a capacidade
de se entregar ao Seu mistério
e de consentir, com uma liberdade alegre, em todas as rupturas que supõe
o acolhimento deste dom.

A Vida Consagrada

Quando vos dais ao Senhor,
quando vos consagrais ao Seu serviço dais-lhes tudo o que sois,
a vossa alma com todas as suas faculdades, o vosso espírito com todos os seus pensamentos, o vosso coração com todos os seus afectos e desejos,
o vosso corpo com todos os seus sentidos…
Já não há em vós coisa alguma que vos pertença, coisa alguma de que sejais donas e de que possais dispor. (EE, p. 71)