Comprometemo-nos a salvaguardar
a harmonia global desejada pelo Criador, “para ouvir tanto o clamor da terra como o clamor dos pobres”.
- Laudato si’, # 49 -

Com efeito, o sentimento de comunhão profunda com a criação só é verdadeiro se os nossos corações estão cheios de ternura, de compaixão e de uma real preocupação com a felicidade de cada pessoa.
O nosso compromisso com a justiça e a paz tal como os nossos esforços para preservar a beleza, a riqueza e a fecundidade da nossa “Mãe terra” farão da nossa “casa comum” um lugar capaz de sustentar a vida sob todas as suas formas.

 

 

Comemorando Laudato Si semana 2020
Plantação de uma árvore